Mulheres Extraordinárias – O resgate histórico de legado, pela palavra escrita

Sabrina Campos 

   A Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil – Coordenadoria Rio de Janeiro (AJEB-RJ) – iniciando as comemorações do Dia Internacional da Mulher, lança o volume 2 do projeto editorial Mulheres Extraordinárias – O resgate histórico do legado, pela palavra escrita, com a participação de 91 coautoras residentes no Brasil e no exterior.

   Trata-se de um projeto editorial idealizado pela Jornalista e Escritora Dyandreia Portugal (Presidente Coordenadora da AJEB-RJ – Gestão 2017/2021 e Presidente da Rede Sem Fronteiras) com o apoio das Diretoras da AJEB-RJ, com o objetivo geral da integração e o intercâmbio de escritoras e jornalistas brasileiras, residentes ou não no Brasil.

   E como objetivo específico, a apresentação da biografia de vultos femininos,  grandes Mulheres de todo o mundo, que ajudaram a construir suas nações, e, sobretudo, que abriram espaço para as mulheres da contemporaneidade. Desta forma, por meio do resgate histórico, e pela palavra escrita, o projeto colabora para o registro perpétuo do universo feminino.

   A obra, a exemplo do volume 1, visando a promoção e divulgação da cultura feminina, será apresentada e distribuída em todo o território nacional brasileiro e para leitores de língua portuguesa, em mais de 20 países, nos cinco continentes. Por esse motivo, foi editada pela Editora Rede Sem Fronteiras/Letras Graciosas.

   Cada uma das 91 coautoras que participam desse volume – 39 coautoras Ajebianas cariocas, 27 coautoras Ajebianas de outros Estados e 25 coautoras convidadas especiais – escolheu para homenagear uma Mulher (brasileira ou não) de destaque, de grande relevância e referência como pioneiras de suas atividades, e que abriram espaços nas diversas áreas da sociedade, até então, dominadas por homens.

   As coautoras são escritoras, jornalistas, advogadas, atrizes, pintoras, cantoras, políticas, educadoras, cientistas, médicas, jovens inspiradoras… Mulheres encantadoras, empoderadas e muito, muito, especiais, que contribuíram, significativamente, para a posição das Mulheres da contemporaneidade.

   Dentre tantas ilustres, participa desta obra a Dr.ª Sabrina Campos da Cunha, que é escritora, compositora e letrista, advogada especialista em mediação e conciliação e em propriedade imaterial e intelectual, árbitra (Juíza Arbitral em Câmara Privada) e jornalista. Autora de contos, poesias, letras de músicas – em português e inglês -, além de diversos trabalhos monográficos e artigos científicos que acrescentou e continua a escrever durante a carreira jurídica. CEO do Grupo Campos e Bastos. Sócia Cofundadora de Campos e Bastos Advogados Associados. Participa da equipe jurídica do programa “Sábado É Show”, em que apresenta “Direitos e Deveres”, na Rádio Bandeirantes. Idealizadora, fundadora e Presidente do “Instituto Lutando Pela Vida”. Voluntária do Projeto Justiceiras e Grupo MeToo Brasil. Colunista do Jornal Diário do Rio – DR1, dos portais nacionais e internacionais UMA SÓ VOZ, Agora Notícias Brasil, Aliados Brasil, Revista CBTURVIP, entre outros. Embaixadora da Câmara Brasileira de Turismo do Rio de Janeiro – Diretora Regional CBTUR. Apresentadora do canal “UMA SÓ VOZ”, no YouTube. e Rádio UMA SÓ VOZ. Membro da Academia Brasileira de Belas Artes – ABBA. Membro de International Model of United Nations – IMUN.

   Sabrina Campos da Cunha contribui com verdadeira homenagem à Imperatriz  Maria Leopoldina, primeira mulher Chefe de Estado no continente americano. Admirável exemplo para todas as meninas, mulheres, senhoras, de todas as gerações. Figura principal no acontecimento da Independência do Brasil, personagem essencial para a abolição da escravatura.

   Esta não é apenas uma coletânea feminina. É uma celebração e um registro sobre a força da Mulher. Mais do que homenageá-las, o projeto buscou respeitar cada uma. Suas histórias, seus talentos, suas realizações, em sobre tudo, seus legados.

   A “Apresentação” da obra ficou a cargo de sua organizadora, Dyandreia Portugal (responsável por projetos editorias divulgados no mundo todo com a participação total de mais de mil escritores); a “Introdução”, pela Profª Hilda Flores (Escritora, Historiadora, uma das Associadas mais antigas da AJEB); o “Prefácio”, pela Dra. Irislene Morato (Presidente Nacional da AJEB); e as orelhas, pela convidada especial, Fernanda Correia Dias (neta de Cecília Meireles, Patrona da AJEB-RJ), que escreveu ressaltando os 120 anos da grande Cecília Meireles, Patrona da AJEB-RJ. Uma equipe luxuosa, que, junto das 91 coautoras (muitas delas Presidentes Acadêmicas e autoridades culturais), valorizaram a obra.

   É muito importante ressaltar que as obras editadas pela Rede Sem Fronteiras possuem alguns diferenciais significativos, portanto, esta obra, além da versão impressa, que será distribuída por várias bibliotecas do mundo, terá a versão digital em e-book, e a versão em audiobook, fazendo, desta forma, a inclusão social.

   Durante todo o último biênio, várias coautoras do volume 1 da obra apresentaram palestras sobre seus capítulos, ressaltando a trajetória de seus vultos homenageados. Foi um projeto editorial com grande desdobramento e de suma importância, com significativa repercussão, recebido com respeito por importantes líderes de nosso meio cultural. O volume 2 seguirá o mesmo caminho, começando a sua jornada com o lançamento no dia 8 março, às 19h (horário Brasil), de forma remota, pelo canal da Rede Sem Fronteiras no YouTube, quando se promoverá a fomentação do debate sobre o universo feminino e a sua interrelação com o mundo, com base nos legados deixados pelos vultos femininos ressaltados.

   Data do lançamento: 07/03/22 Hora: 19h (Brasil) em Rede Sem Fronteiras – YouTube

Informações: contato@redesemfronteiras.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.